Reter talentos na empresa é um grande desafio. Pesquisas indicam que 56% dos profissionais estão insatisfeitos e muitos outros não enxergam oportunidades de crescimento no trabalho, logo, preferem partir para a concorrência.

Por causa disso, a empresa deve contar com boas estratégias e criar uma política de retenção. Monitorar o turnover é só o primeiro passo. Depois, é preciso investir no bem-estar do time e na comunicação interna, por exemplo.

Nós próximos tópicos destacamos 4 estratégias para reter talentos na empresa. Continue a leitura e saiba mais!

1. Conheça os indicadores de gestão de pessoas

Muitos indicadores podem refletir a saída de talentos da empresa. O principal é o turnover, que mede o percentual de profissionais que deixaram o quadro de trabalho em certo período (geralmente, 12 meses consecutivos).

É interessante estabelecer um conjunto de indicadores que revelem a qualidade das políticas de retenção e gestão de pessoas. Então, além do turnover, vale monitorar: o tempo médio de casa e o nível de satisfação com o trabalho.

2. Dê “asas” ao espírito de equipe

Quando os talentos se sentem deslocados da equipe de trabalho, tornam-se menos leais e podem deixar a empresa mais cedo. Por esse motivo, é necessário investir em estratégias de integração e dar “asas” ao espírito de equipe.

Uma das melhores estratégias é a técnica de team building. Ela envolve dinâmicas, jogos ao ar livre e muitas outras atividades capazes de aproximar os colaboradores, bem como gerar confiança, propósito e alinhamento ao time.

Powered by Rock Convert

3. Melhore a comunicação interna

A comunicação é um importante fator para a retenção. Sem diálogo, os empregados erram mais e o número de conflitos é maior, assim como o total de intrigas e conversas paralelas. Tudo isso, certamente, resulta na saída dos talentos.

Em razão disso, é preciso integrar novos canais para o diálogo (por exemplo, murais de recados, aplicativos mobile e redes sociais corporativas), bem como conscientizar a alta administração quanto à importância dele.

4. Invista no bem-estar das equipes

Outra estratégia relevante é investir no bem-estar da equipe. A qualidade de vida no trabalho contribui para que os colaboradores fiquem mais felizes e satisfeitos e permaneçam por mais tempo dentro da empresa.

Para tal fim, invista em pequenas pausas ao longo do expediente, integre exercícios de ginástica laboral, incentive a prática de esportes e melhore o ambiente físico de trabalho (por exemplo, adquirindo móveis ergonômicos).

Como você pode observar, todas são estratégias relativamente simples, porém capazes de melhorar o ambiente de trabalho e reter talentos na empresa. Todavia, é preciso lembrar que a retenção começa com uma boa contratação: selecione alguém alinhado aos valores da empresa e realize um ótimo processo de integração. Por fim, quando alguém se demitir, aproveite para fazer uma entrevista demissional e entender as principais razões. Assim, poderá melhorar sempre.

Lembre-se ainda que investir na retenção de talentos soma uma série de benefícios à empresa. É possível manter os melhores profissionais, reduzir custos demissionais e otimizar a competitividade do negócio.

Então, gostou do nosso artigo sobre como reter talentos na empresa? Aproveite para compartilhar suas dúvidas, experiências ou sugestões sobre o assunto. Deixe seu comentário!