Por que as crianças ficam encantadas com os parques de diversão? A resposta é simples: toda a decoração e os brinquedos são produzidos para estimular o que os pequenos têm de sobra: a imaginação. Por isso, eles não querem sair do parque e passam dias falando sobre o tempo que estiveram nele. É esse mesmo sentimento que o marketing interno e endomarketing produzem nos colaboradores de uma empresa.

Quer entender melhor sobre esses dois conceitos? Gostaria de saber como usá-los na sua organização? Acompanhe nosso artigo!

Qual é a diferença entre marketing interno e endomarketing?

Embora o marketing interno e endomarketing sejam estratégias muito parecidas, existem algumas diferenças entre elas. O primeiro conceito se baseia na comunicação entre colaboradores e liderança, é o fluxo de informações, onde os funcionários tem liberdade para se expressar e expor opiniões. Já o segundo visa fortalecer a marca diante da equipe, aumentando o engajamento e o sentimento de pertencimento.

Podemos dizer que o marketing interno e o endomarketing caminham juntos, um é a ponte que leva ao sucesso do outro. Sendo assim, ambas as abordagens se complementam. Ficou difícil de entender? Vamos explicar melhor.

Você já conheceu alguém que fala o tempo todo o quanto ama trabalhar em uma empresa? Que a defende com “unhas e dentes”? Pois esse é o objetivo do endomarketing, ou seja, fazer a equipe ficar apaixonada pela marca e espalhar esse sentimento para “os quatro ventos”.

Algumas empresas implantam processos baseados nesse conceito. Como é o caso da multinacional Toyota, que oferece para todo novo colaborador um treinamento que envolve conhecer cada área da empresa. Como o profissional se sente com essa recepção? No mínimo, fascinado!

Por outro lado, como já dito, o marketing interno é uma estratégia direcionada para a melhoria da comunicação interna, do relacionamento interpessoal e da disseminação da cultura da marca. Podemos citar novamente como exemplo a Toyota. Após o período de treinamento, o recém- contratado é convidado a sugerir ideias que ajudem a inovar os serviços da marca. Caso seja uma boa sugestão, a Toyota aplica nos processos internos.

Powered by Rock Convert

Outras empresas investem em programas de incentivo ao feedback, participação colaborativa e em eventos que estimulam o convívio e o diálogo entre a equipe. O resultado é que todos sentem-se parte do negócio e tem a sua voz ouvida nas diversas esferas da instituição.

É possível unir os dois conceitos?

Se analisarmos bem os dois conceitos, notaremos que se complementam e possuem uma linha tênue que os une. No fim, ambos visam gerar a satisfação, produtividade e engajamento das equipes. Por isso, muitas empresas resolvem trabalhar tanto com o endomarketing como com o marketing interno.

Como fazer essa união? Digamos que a empresa tenha uma política interna de benefícios – uma estratégia eficiente de endomarketing. Porém, conceder benefícios nem sempre agrada a todos e, por isso, acaba não produzindo o engajamento esperado.

Para evitar essa situação, a organização pode inserir uma prática do marketing: o feedback reverso. Funciona assim: os colaboradores sugerem os tipos de benefícios que seriam úteis para o seu dia a dia, podendo até mesmo montar a sua cesta de benefícios. Dessa forma, o efeito sobre o time é totalmente diferente.

Há outra maneira de unir o marketing interno e endomarketing. Caso a empresa tenha por hábito realizar happy hours, seria interessante espalhar telas interativas pelo ambiente. O objetivo é obter a opinião espontânea dos colaboradores por meio de enquetes que indaguem sobre a qualidade das demandas do negócio.

Existe um detalhe importante a ressaltar: para que a junção dos dois conceitos produza resultados positivos é preciso que ambos funcionem bem. Em outras palavras, o marketing interno e endomarketing já devem ser práticas consolidadas na empresa.

Dessa forma, os colaboradores sentirão os benefícios do esforço da organização em fazê-los sentir-se bem no ambiente de trabalho. Como retribuição, o time dará o seu melhor para a empresa resultando no sucesso da marca.

Gostou do nosso conteúdo? Entendeu as diferenças entre o marketing interno e endomarketing? Queremos escutar você! Sua opinião é muito importante para nós. Deixe o seu comentário.